Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2017

E por que que não fez?

Gerir uma cidade do tamanho de Contagem, terceira maior população de Minas Gerais, com baixos repasses dos governos estaduais e federais — em meio a uma grave crise econômica —  pede novas fontes de arrecadação.
Prefeito que foi, Carlin sabe (ou deveria saber) a falta que faz os recursos vindos do IPTU.
Por isso a participação do PCdoB na audiência pública na Câmara Municipal é estranha, para dizer o mínimo. Sobretudo a do ex-prefeito, cuja votação recebida deixou clara a desaprovação ao seu governo.   
Somente no setor da saúde Carlin deixou, entre os problemas mais visíveis,  o prédio da Nova Maternidade funcionando somente com a estrutura da antiga  que já funcionava nas dependências do Hospital Municipal. Dos quatro andares, apenas dois funcionavam. 
Problemas como infiltrações, rachaduras, banheiros que não funcionam, vazamento em caixas d’água, mofos, falta de medicamentos, além de portas e janelas danificadas eram comuns no hospital.  
Ainda prefeito — e com a nova maternidade já …

Ministério Público de Contas cria embaraço para Carlin e Marília

A notícia de que tanto Carlin Moura (PCdoB) quanto Marília Campos (PT) foram acusados pelo Ministério Público de Contas de lesar os cofres públicos do município de Contagem com a renúncia da cobrança do IPTU residencial, quando prefeitos, cria embaraço político aos dois e pode representar um risco à carreira política de ambos.
Isso porque, em razão das irregularidades, o procurador Marcílio Barenco Corrêa de Mello pede, em sua representação, que cada um dos ex-prefeitos pague uma multa de R$ 35 mil, e que fiquem impedidos de ocupar cargos públicos durante cinco anos por ato de improbidade administrativa.
A representação foi encaminhada ao conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG), Sebastião Helvécio — sorteado para ser o relator —  que aguarda um parecer da equipe técnica no TCE para emitir seu relatório.
O procurador também pediu que a Câmara Municipal de Contagem reanalisasse a prestação de contas dos mandatos de ambos com base em parecer que encontrou prát…

Foi quase, Ademir...

O ex-prefeito Ademir Lucas (PR) vive profunda exaustão eleitoral. Ele perdeu as últimas quatro disputas ao comando do Prefeitura de Contagem (2004, 2008, 2012 e 2016), e as duas últimas eleições para deputado estadual (2010 e 2014).
Muitas e extensas são as razões do seu esgotamento político. Não convém esmiuçá-las aqui. Ele vem adiando o anúncio do óbvio: o fim da sua vida pública.   
Mas no final do ano passado um fato soprou um ar de nova esperança para sua trajetória política: o retorno da cobrança do IPTU residencial, provocado pelo Ministério Público de Contas do Estado de Minas Gerais, e aprovado pela Câmara Municipal de Contagem.
Foi Ademir, em seu primeiro mandato como prefeito de Contagem (1989 - 1993), que iniciou a isenção da cobrança do IPTU residencial. Essa é uma das suas maiores bandeiras políticas. A medida atravessou os últimos 27 anos, com um breve retorno somente durante a gestão do ex-prefeito Paulo Mattos.
Ademir voltou à cena política da cidade, pouco após sua últim…

Alex de Freitas reforça compromisso com expansão do Metrô em Contagem

O retorno para o PSB, a crise pela qual atravessa o PSDB, a expansão do metrô e o retorno da cobrança do IPTU residencial, herdado do governo passado, foram alguns dos temas abordados pelo prefeito de Contagem, Alex de Freitas, em entrevista publicada no jornal Hoje em Dia, nessa segunda-feira (19).

   Alex falou da sua passagem pela PSB, das relações que ainda mantem com alguns socialistas e não negou que recebe convites para filiação, não somente do PSB, mas como de outras legendas. Ele destaca, porém, que segue leal a sigla tucana.  “Saímos com uma dívida de campanha que foi assumida pelo partido. O PSDB vai ter que repensar, se refundar. O momento agora é para que as lideranças encarregadas de refundar o partido pensem nisso. Na hora que precisarem, vou emitir minhas opiniões”.
   Sobre o IPTU, o prefeito de Contagem reconheceu que ainda existe muita resistência por parte da população, fruto de uma incompreensão gerada pela forma como o tema foi politicamente explorado. “Tenho uma a…

Diga me por quem tu erras!

Toda e qualquer liderança precisa ter muita habilidade e inteligência. Esses dois atributos têm faltado ao movimento Libertas Minas, em sua tentativa de reverter a cobrança do IPTU residencial em Contagem, aprovado no final do ano passado. 
Duas estratégias adotadas pelo movimento colocam em cheque a “astúcia” política do movimento.
Primeiro, a orientação que tem feito às pessoas para que procurem o Juizado Especial de Contagem (Pequenas Causas), para processar por “danos morais” o atual prefeito, Alex de Freitas, pela volta do IPTU. O Libertas Minas entende que Alex teria causado danos morais ao descumprir essa promessa de campanha.
O Libertas Minas desconsidera dois dados básicos:  Primeiro, que a volta da cobrança do IPTU foi aprovada pela Câmara Municipal de Contagem na legislatura passada, quando Alex ainda não era o prefeito.
A volta da cobrança do IPTU foi encaminhada pela Câmara ao então prefeito de Contagem, Carlin Moura (PCdoB) que, numa “jogada ensaiada”, vetou o decreto, deixa…

Mentira tem "postagem curta"!

Ao ser desmascarada utilizando uma foto de uma favela de São Paulo como se fosse a comunidade do Parque São João, em Contagem, uma publicação crítica das ações do atual governo municipal virou motivo de chacota entre os internautas.

O desmentido está rodando as páginas do Facebook e do Whatsapp. 
O "flagrante" joga sobre os autores suspeitas sobre suas reais intenções. 
Casuísmo ou má fé, para dizer no mínimo.   



Kalil "se engasga com a própria língua".

Podendo viajar de BH a Brasília em um vôo comercial normal, pagando valores que variam entre R$ 660,00 e R$ 1125,00 o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PHS), esbanjou R$ 39 mil reais no fretamento de um jatinho para uma viajem ao distrito federal.
Ele esteve em Brasília nos dias 15 e 16 de março, acompanhado do seu vice, Paulo Lamac (Rede), para uma audiência com o presidente Michel Temer e para uma "peregrinação" nos gabinetes de deputados e ministros.
A notícia joga por terra o "senso de prioridade" anunciado por Kalil na condução da gestão da capital, dando a si mesmo como exemplo de que "quem fala demais se engasga com a própria língua".












Ministério Público de Contas “enquadra” Alex de Freitas para que cobre o IPTU

O Ministério Público de Contas (MPC)  está acompanhando de perto a regularização da cobrança do IPTU residência em Contagem. Assim, o procurador Marcílio Barenco de Corrêa de Melo, protocolou no gabinete do atual prefeito de Contagem, Alex de Freitas (PSDB), no dia 8 de fevereiro desse ano, um ofício solicitando dados sobre a cobrança do tributo municipal. No mesmo documento, o procurador aponta para Alex a cobrança do IPTU, sob risco “de estar incorrendo em ato inconstitucional de grave repercussão orçamentário-financeira e danosa ao erário”, além de reforçar que a não cobrança é passível de responsabilização pessoal por ato de improbidade administrativa, conforme previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal.
O Ministério Público de Contas também pediu informações sobre as medidas adotadas pelo atual governo para a “implementação, no exercício financeiro do ano corrente do ano corrente, do lançamento tributário e cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU)”.
O projeto de regu…

Ex-prefeitos e vereadores de Contagem podem ser responsabilizados por isenção do IPTU

O procurador do Ministério Público de Contas (MPC), Marcílio Barenco Corrêa de Mello, em entrevista ao Jornal Contagem desta semana, confirmou que todos os ex-prefeitos de Contagem “podem ter praticado atos de improbidade administrativa, cujas consequências podem ser a perda de direitos políticos, entre outras penalidades”.
Além dos gestores, o procurador explicou que os vereadores também podem ser responsabilizados, caso votassem a favor da isenção do tributo, sendo “responsabilizados individualmente como coautores do processo legislativo viciado”.
Isso porque, segundo o Procurador, há um contexto normativo de ilegalidade já verificado, com flagrante violação da Lei de Responsabilidade Fiscal. “Todos os partícipes da renúncia ilegal de receita (isenção indistinta do IPTU) serão alcançados oportunamente pela ação de responsabilização junto ao Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG)”, explicou Márcílio Barenco.

Barenco explicou que o MPC recomenda o fiel cumprimento da lei, …

"Face Bronca"!

Ao se deparar com o "reclame" do ex-prefeito Carlin Moura (PCdoB), de que o tucano Alex de Freitas — seu sucessor na prefeitura — estaria se apropriando de realizações do seu governo, no caso, o recapeamento de 14 quilômetros da via expressa (trecho que atravessa o município), o economista José Prata, militante do PT e esposo da deputada estadual Marília Campos, não se conteve. Com o título "provando do próprio veneno", Prata publicou, em sua página do Facebook, texto propondo uma auto-crítica aos comunistas: "Carlin e seus apoiadores, que agora se mostram indignados, fizeram até pior com a ex-prefeita Marília Campos. Dezenas de obras em andamento, como a Maternidade e a UPA JK, foram indevidamente apropriadas pelo comunista, como sendo obras exclusivas de sua gestão.
A matéria também explicou que, em fevereiro desse ano, o Ministério Público encaminhou novo ofício à Prefeitura de Contagem, explicando "que a não cobrança do IPTU, por parte do novo prefeito …

Alex de Freitas faz em três meses o que o antecessor não fez em quatro anos

O prefeito de Contagem, Alex de Freitas, assina a ordem de serviço que viabiliza o recapeamento da Via Expressa na cidade.
Na prática, uma NOVA VIA EXPRESSA.
Momento histórico para Contagem.
Detalhe: Alex de Freitas não completou três meses no cargo.
Alex de Freitas pegou Contagem com as vias urbanas em petição de miséria.
Eram tantos buracos que precisou montar uma força-tarefa para tapar as crateras que existem em todas avenidas e ruas da cidade.
Esses buracos foram cultivados por quatro anos na gestão de Carlin Moura.
Verdadeiras covas a céu aberto prontas para enterrar motos, carros, ônibus e caminhões.
Uma via crúcis que castiga todos os contagenses e quem está de passagem pela cidade.
Aquele que conhece minimamente a realidade sabe o caos da infraestrutura de Contagem.
Menos Carlin.
E sua turma.
Carlin e seu pessoal saíram pela porta dos fundos da prefeitura nas últimas eleições.
Os buracos e o caos de Contagem em várias outras áreas lhe impuseram uma derrota vergonhosa.
Uma surra nas urnas q…

Oposição é só para quem pode ser

Não completaram nem 100 dias do final da  gestão comunista em Contagem, que deixou para o sucessor sérios e dramáticos problemas, como uma área inteira do Hospital Municipal de  Contagem desativada, uma Trincheira que vira uma enorme piscina toda vez que chove, causando transtorno e perdas materiais à população, e o PCdoB de Contagem, em nota, anunciou que adotará "em todos os espaços de atuação do PCdoB (no parlamento, nos movimentos sociais e etc.) a postura de oposição ao governo Alex de Freitas (PSDB)".
O gesto não é da melhor astúcia política.
Auditorias em curso, realizadas pelos órgãos de controle interno da própria Prefeitura de Contagem, já apontam sérios desvios e malversação do dinheiro público do município durante a última gestão.
Um precoce enfrentamento político acabaria por tornar públicos os relatórios dessas auditorias, criaria dificuldades na reorganização da carreira política de Carlin Moura, queira ele disputar uma vaga na Câmara dos Deputados, ou retorna…

Importante liderança dos movimentos sociais anuncia desfiliação do PT

Um dos fundadores e presidente de honra do Centro de Lutas pela Livre Orientação Sexual (Cellos) de Contagem, Anderson Cunha, anunciou sua desfiliação do Partido dos Trabalhadores (PT), no início da noite do último domingo (5), em sua página no Facebook.
"Comunico a todas e todos o meu desligamento do Partido dos Trabalhadores. Nesta semana vou entregar minha carta de desfiliação ao Diretório Municipal de Contagem", disse Anderson, objetivamente, logo no começo do texto.
Em sua despedida, ele registrou sua admiração por muitas "companheiras e companheiros que permanecem no partido e continuam resistindo na defesa dos seus princípios originais".
"Continuarei firme na atuação nos movimentos sociais e buscarei em breve um novo caminho partidário", anunciou Cunha.
A boca pequena, sua filiação no PSOL já é da como certa.

Dentro do PT Anderson é ligado ao grupo da deputada estadual Marília Campos. Nas eleições de 2016 ele disputou uma vaga de vereador na Câmara …

Industria da Multa: vídeo ensina como quebrar a Transcon

Aprenda como não ser multado pelos radares de transito da Transcon.






Quem respeita lei de trânsito não tem porque se preocupar com radar

Um vídeo que pretendia ser um “alerta” aos motoristas de Contagem sobre a instalação de “novos” radares de velocidade começou a circular nas redes sociais e acabou virando piada. Com duração de um minuto e 25 segundos, uma voz acusa a Prefeitura de Contagem de instalar os aparelhos, ao longo da via expressa, para fins “arrecadatórios”.
Contraditoriamente, acusa que os radares estariam escondidos – “para ninguém ver!”, mas o próprio locutor aponta para três aparelhos perfeitamente visíveis. Ainda no vídeo, ele alega que os radares estariam “pegando” todo mundo, já que os motoristas estariam “passando a mil”.
É para multar veículos que transitam com velocidade superior à permitida, ou que avançam sinal de trânsito, que se instala os radares. Simples assim.
Em matéria publicada em seu site, a Prefeitura de Contagem destacou que trata-se apenas de instalação de novos radares, em substituição dos que estavam inoperantes. Ao todo são 28, que só passam a funcionar no final do mês, já que…

Durval destaca coragem do prefeito Alex de Freitas em suas primeiras ações de governo

Uma das mais históricas e importantes lideranças do PT de Contagem, o deputado estadual Durval Ângelo, reconheceu a coragem e a seriedade das principais ações adotadas pelo prefeito Alex de Freitas, nos dois primeiros meses do seu mandato.
Para Durval, o anúncio de nova licitação para o transporte público de passageiros, a revogação do aumento das passagens de ônibus coletivos, a instituição do meio passe estudantil e a retomada da cobrança do IPTU residencial são “decisões sóbrias, sérias e que merecem aplauso”.
As afirmações foram feita em entrevista ao Jornal Contagem. (Clique aqui para ler)
Durval, que é líder do governo Fernando Pimentel (PT) na Assembleia Legislativa de Minas, avalia que, com relação ao IPTU, justiça tributária é fundamental. Ao jornal o deputado explicou que em um passado recente a prefeitura isentava o IPTU residencial de grandes propriedades e mansões na Estância do Hibisco (condomínio residencial de luxo do município) e aumentava o imposto comercial e industr…

A Carlin o que é de Carlin

Calma e serenamente, Alex de Freitas (PSDB) esperou — debaixo de chuvas de críticas e trovoadas de acusações, o dia em que seria empossado prefeito para falar sobre o IPTU em Contagem. Ele foi direto ao ponto: “vou contar uma coisa sobre a qual só soubemos outro dia. Um exemplo da total falta de transparência do governo anterior. Havia no governo passado não só pessoas, mas muitas coisas invisíveis aos olhos da população. Vocês acreditam que a velha administração municipal escondeu no cofre, a sete chaves, uma recomendação do Ministério Público Estadual que determinava a cobrança do IPTU em Contagem? Ninguém, repito — ninguém! — sabia dessa recomendação até 20 dias atrás. Só o excelentíssimo ex-prefeito e meia dúzia de seus assessores.”
Alex devolveu para Carlin a responsabilidade pela articulação da volta da cobrança do IPTU residencial. Parece o óbvio, já que o comunista era o prefeito em exercício quando da tramitação da lei. O que ninguém contava era com a habilidade teatral do ex…