quarta-feira, 8 de março de 2017

Importante liderança dos movimentos sociais anuncia desfiliação do PT






Um dos fundadores e presidente de honra do Centro de Lutas pela Livre Orientação Sexual (Cellos) de Contagem, Anderson Cunha, anunciou sua desfiliação do Partido dos Trabalhadores (PT), no início da noite do último domingo (5), em sua página no Facebook.

"Comunico a todas e todos o meu desligamento do Partido dos Trabalhadores. Nesta semana vou entregar minha carta de desfiliação ao Diretório Municipal de Contagem", disse Anderson, objetivamente, logo no começo do texto.

Em sua despedida, ele registrou sua admiração por muitas "companheiras e companheiros que permanecem no partido e continuam resistindo na defesa dos seus princípios originais".

"Continuarei firme na atuação nos movimentos sociais e buscarei em breve um novo caminho partidário", anunciou Cunha.

A boca pequena, sua filiação no PSOL já é da como certa.


Dentro do PT Anderson é ligado ao grupo da deputada estadual Marília Campos. Nas eleições de 2016 ele disputou uma vaga de vereador na Câmara Municipal de Contagem, obtendo 1029 votos.     







Nenhum comentário:

Postar um comentário

O dia que Aécio Neves “tucanou” Alex de Freitas

Ninguém entendeu a gigantesca participação do PSDB Minas, destacadamente dos quadros de Belo Horizonte, na composição do governo...