quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Carlin não cumpre nem promessa feita à justiça


A Justiça Eleitoral determinou a exclusão de vídeo feito por Carlin Moura (PCdoB), na última segunda-feira (10), por conter matéria “negativa e inverídica” contra o seu adversário, Alex de Freitas (PSDB). A sentença foi dada na última terça-feira (12), e a representação feita pela Coligação Contagem para o Futuro.       

O atual prefeito disparou, indiretamente, calunias contra o candidato tucano, quando discursava no evento de adesão de Ademir Lucas (PR) à sua candidatura.

Em sua decisão, o juiz aponta que “é possível constatar que há uma mensagem subliminar na fala do requerido [Carlin Moura], que poder ser inverídica e prejudicial à campanha ex-adversa [do adversário].  

O juiz deu prazo de uma hora para a remoção do vídeo, “sob pena de pagamento de multa R$ 1.000,00 (um mil reais), por hora ou fração de hora de atraso, considerando o alcance da publicidade do aplicativo em questão [Facebook]”.

Carlin Moura gravou um vídeo após reunião organizada pela Justiça Eleitoral e pelo Ministério Público Eleitoral, no dia 7 de outubro, em que “reafirmou” o seu compromisso de uma campanha “respeitosa” e “propositiva” e “alto nível” aos juízes eleitorais.  

Com isso, Carlin deixa de cumprir promessas feitas até a juízes.  

Para ver o vídeo em que Carlin promete fazer uma campanha de “alto nível”, clique no link baixo. 

https://www.facebook.com/carlinmouramg/videos/1763905810528453/








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com o caixa da prefeitura no vermelho, Alex de Freitas faz mais uma das suas viagens internacionais

Contraditoriamente ao anúncio de que a Prefeitura de Contagem reduzirá cerca de 300 cargos, entre outras ações que visam redução de ga...