terça-feira, 20 de setembro de 2016

Entregues na véspera da eleição, prédios da Vila Itália estão há dois meses sem luz




A placa na entrada do condomínio registra e denuncia o “golpe eleitoreiro”. “Entregue à comunidade no dia 29 de fevereiro”. Embora inaugurado com festa e marquetagem, o Conjunto Habitacional Vila Itália ainda não recebeu às famílias por falta ligação da rede de luz.

Logo na entrada do conjunto dá para ver todos os postes que deveriam levar energia para o condomínio sem nenhuma fiação.

Apesar da falta de estrutura, mais de 20 famílias já estão em seus apartamentos, por medo de invasão.

Conversamos com uma das moradoras do condomínio (que não a identificaremos para preservá-la de represálias) e ela explicou que, cobrada, a prefeitura empurra para Cemig, que por sua vez devolve para a prefeitura. “No final, ninguém resolve. Ficamos aqui esperando um filho de Deus para acabar com esse sofrimento. Algumas de nós esperamos pelo apartamento acerca de 10 anos, e agora fica essa falta de respeito”.

Quando entregue, matéria pública no site da Prefeitura de Contagem registrou que foram gastos mais R$ 12 milhões na construção dos apartamentos, por meio do Programa de Aceleração Crescimento (PAC), em um convênio firmado entre o município e o governo federal.  

Quando saímos de lá, um carro de reportagem da Record estava chegando. É na pressão que a coisa sai...




Poste em frente aos prédios sem nenhuma fiação


Postes que dão acesso ao conjunto habitacional sem nenhuma instalação elétrica





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem perde, perde.

O vereador Daniel Carvalho (PV) se reelegeu para a presidência da Câmara Municipal de Contagem, na última terça-feira (27). Na com...