quarta-feira, 27 de julho de 2016

Desconfiança de mais de R$ 5 milhões



A incredulidade nos números da pesquisa de intenção de votos dos candidatos a prefeito de Contagem, divulgada pelo jornal O Tempo (Instituto CP2 /DataTempo), na última segunda-feira (25), contaminou as redes sociais em Contagem.

É estranho às redes sociais o primeiro lugar do atual prefeito Carlin Moura (PCdoB).

Para alimentar ainda mais as teorias de “fraude” e “manipulação”, uma ata de registro de preço entre a Prefeitura de Contagem e a Sempre Editora (jornal O Tempo), no valor de R$ R$ 5.654,500 (cinco milhões, seiscentos e cinquenta e quatro mil e quinhentos), começou a rodar no Facebook e no Whatsapp.

A ata foi publicada pelo Diário Oficial de Contagem (DOC), no dia 20 de maio de 2016 (clique aqui para ver).

Outros contratos de impressão mensal do informativo Prefeitura Faz, pela Sempre Editora (tiragem média de 200 mil exemplares) e o patrocínio da Funec ao time Sada Cruzeiro, deixaram a “pulga atrás da orelha” dos internautas de Contagem ainda mais assanhada. 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem perde, perde.

O vereador Daniel Carvalho (PV) se reelegeu para a presidência da Câmara Municipal de Contagem, na última terça-feira (27). Na com...