Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2016

O IPTU da discórdia

Passou batido
O Ministério Público do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (MP do TCE-MG) analisa, desde o mês de janeiro de 2016, possível ilegalidade da isenção do IPTU residencial de Contagem. O procurador Marcílio Barenco Corrêa de Mello foi quem publicou a portaria 04/MPC/GABMBCM, para apurar ilegalidade na renúncia de receita oriunda do IPTU “tudo em descompasso com a Constituição da República, do Estado e das leis aplicáveis à espécie”, registra o documento. 
Contando ninguém acredita
O prefeito Carlin Moura (PCdoB) até instituiu um grupo de trabalho formado por representantes de três secretarias, para “realizar os estudos técnicos necessários, no sentido de proceder ao levantamento das informações solicitadas”, já que, conforme registrado no próprio Diário Oficial (31 de maio de 2016)  “não conseguiram encontrar documentos que possam subsidiar a resposta solicitada pelo Ministério Público de Contas”. 
Lei de Responsabilidade Fiscal
O procedimento preparatório nº 004.2016.20…

Lei de 2009 permite Contagem ter 27 vereadores

A Câmara Municipal de Contagem poderia ter — desde 2009! — uma representação mais ampliada, com 27 vereadores, se tivesse feito uma alteração da Lei Orgânica Municipal, com base na Emenda Constitucional nº 58, que estabelece parâmetros para o número de cadeiras das câmaras municipais, tendo por media o número de habitantes das cidades. Pela emenda, Contagem está entre os município com população entre 600 mil e 750 mil habitantes, o que lhe permitiria aumentar sua representação em 27 cadeiras.
Se assim fosse, nas eleições desse ano teriam sido reeleitos os vereadores Fredim Carneiro (PSDB), Isabela Filaretti (Rede) e Décinho Camargos (PHS); o ex-vereador Alessandro Henrique (PTC) voltaria ao legislativo e Hugo Vilaça (PTdoB) e Denilson da JUC (SD) estreariam em seu primeiro mandato.
Isso é o que mostra o cruzamento de dados feito pelo Blog Bastidores de Contagem, com base nas estatísticas eleitorais desse ano.
Como o legislativo de Contagem possui apenas 21 vereadores, o quociente eleit…

Painel Contagem (de 4 a 11 de novembro)

“Team Carlin”
Já estão escalados os nomes da equipe de transição de governo. O decreto publicado pela Prefeitura de Contagem, na última segunda-feira (7/11), estabeleceu a indicação de 12 nomes para os trabalhos, com indicação de seis nomes do próximo prefeito, e seis do atual governo. Representando os comunistas, foram indicados para a transição o atual secretário de Governo, Rodrigo Vieira de Assis (Cupim); o secretário de Administração, Amarildo de Oliveira; o controlador geral do Município, Vanderlei Daniel da Silva; o procurador geral do Município, Daniel Maia, o secretário de Desenvolvimento Urbano, Sant Clair Schmiett Terres e o secretário Desenvolvimento Econômico, Paulo César Funghi.
“Team Alex de Freitas”
Em encontro realizado no Hotel Actuall entre o prefeito eleito, Alex de Freitas, e os vereadores que irão compor a próxima legislatura da Câmara Municipal, foi anunciada a equipe de transição do tucano. O experiente João Batista dos Mares Guia coordenará a equipe de transição,…

Carlin inicia transição entre governos

Foi publicado no Diário Oficial de Contagem da última segunda-feira (7/11), o decreto nº 1028, que instituiu a equipe de transição entre os governos Carlin Moura (PCdoB) e Alex de Freitas (PSDB), prefeito eleito. A equipe de transição será constituída de 12 pessoas, sendo seis representantes de cada grupo.
Conforme explicado no próprio decreto, a equipe de transição tem “por objetivo tratar de assuntos relacionados ao funcionamento e aos projetos em andamento de todos os órgãos e entidades que compõem a Administração Pública Municipal”
Da atual gestão foram indicados para a equipe de transição o secretário Governo, Rodrigo Vieira de Assis (Cupim); o secretário de Administração, Amarildo de Oliveira; o controlador geral do Município, Vanderlei Daniel da Silva; o procurador geral do Município, Daniel Maia, o secretário de Desenvolvimento Urbano, Sant Clair Schmiett Terres e o secretário Desenvolvimento Econômico, Paulo César Funghi.
O prefeito eleito, Alex de Freitas, vai se reunir com se…

Os tópicos da semana

Menos mal
O polêmico recesso criado pela Prefeitura de Contagem nas vésperas da eleição serviu, por fim, para acalmar os ânimos comunistas após a derrota do último domingo (31). Parte do primeiro escalão do governo acompanhou a apuração na casa do próprio Carlin Moura. Na medida em que o resultado ia se desenhando os humores perpassaram entre a perplexidade, a tristeza e a fúria da troca de acusações na busca dos possíveis “culpados” pela derrota. Um tempo em casa para “lamber as feridas” fez bem aos camaradas.
Mostrando a que veio
Na terça-feira (1), o prefeito eleito Alex de Freitas (PSDB) foi à Câmara Municipal de Contagem, onde fez seu primeiro pronunciamento oficial pós campanha. Um discurso firme, corajoso e emblemático de que as relações entre a Câmara Municipal e a Prefeitura de Contagem vão mudar. “Acabou a era do governo de coalizão. Nós não temos a pretensão de ter 21 vereadores falando ‘amém’ para a prefeitura”, avisou Alex.
Mirem-se no exemplo...
Ao destacar a importância da …

Os números da eleição em Contagem

Novo recorde
Alex de Freitas (PSDB) foi eleito prefeito de Contagem com a maior votação da história do município. Foram 223.902 votos. O tucano quebrou o recorde que pertencia ao seu adversário, o atual prefeito Carlin Moura (PCdoB). Em 2012 ele foi eleito com 205.446 votos, o que era até então a maior votação já registrada para um candidato na cidade.
Apoios sem efeito
No primeiro turno, Carlin Moura obteve 79.454 votos. No segundo turno, 82.986. O apoio da ex-prefeita Marília Campos (PT), do ex-prefeito Ademir Lucas (PR), de Newton Cardoso, Newton Cardoso Junior e Jander Filaretti, os três do PMDB, Domingos de Castro (PPL), rendeu a Carlin apenas 3532 votos a mais que a votação obtida no primeiro turno.
Três vezes mais
153.454 é o total de votos que Alex teve, para mais, no segundo turno da eleições. No primeiro turno, Alex chegou em segundo lugar, com 70.358 votos. Somando, Alex teve três vezes mais votos que no primeiro turno.
Vereadores
Foram registrados 581 candidatos a vereador pa…

Na véspera da eleição, prefeitura dá feriado prolongado de 6 dias

Faltando cinco dias para a votação do segundo turno das eleições municipais, a Prefeitura de Contagem  decretou, na última terça-feira (25), ponto facultativo na próxima segunda (31/10) e terça-feira (1/11). Com isso, o funcionalismo ganhou um feriado prolongado de seis dias: sexta-feira (28) — dia do servidor público, que já era ponto facultativo —, sábado, domingo, segunda, terça e quarta-feira (2), feriado nacional do Dia de Finados. O decreto foi assinado por João Guedes, prefeito em exercício e candidato à reeleição na chapa de Carlin Moura (PCdoB).

Recebida com suspeita, a “gracinha”, acreditam todos, teria a ver a votação do segundo turno no próximo domingo (30), já que o recesso já poderia ter constado no Calendário de Feriados e Pontos Facultativos de 2016, assinado por Carlin no dia 25 de dezembro e publicado no dia 7 de janeiro de 2016. A atual gestão sofre alta rejeição do funcionalismo público municipal.

No dia primeiro também será pago o 13º salário dos servidores da Pref…

Faltando três dias para a eleição, Alex tem mais de 42 pontos na frente de Carlin

Se  as eleições fossem hoje, Alex de Freitas seria eleito prefeito de Contagem com mais de 71% dos votos válidos. É o que aponta pesquisa realizada pelo Instituto Giga, encomendada pelo jornal Estado de Minas. O atual prefeito Carlin Moura (PCdoB) teria apenas 29% dos votos válidos. A diferença entre Alex e Carlin é de 42 pontos. Esse é um cenário que se desconsidera os votos brancos e nulos.
Quando considera-se os votos totais, Alex registra 55% das intenções de votos e Carlin 22%. Os que declararam que não votariam em nenhum dos dois candidatos, que vão anular o voto ou não responderam ao questionaria, somam 13%. Outros 10% disseram que vão votaram em branco nas urnas.
Para ler mais detalhes sobre a pesquisa, acesse a publicação do jornal Estado de Minas no link abaixo.
http://www.em.com.br/app/noticia/politica/2016/10/27/interna_politica,818285/alex-com-ampla-vantagem-na-disputa-pela-prefeitura-de-contagem.shtml

***

A pesquisa está registrada no TRE-MG sob o número MG-07082/2016, e fo…

Justiça suspende programa de Carlin e dá direito de resposta a Alex

A Justiça Eleitoral determinou a imediata remoção da página do Facebook do candidato Carlin Moura (PCdoB), do porgrama exibido na última quarta-feira (25), e concedeu direito de resposta ao candidato Alex de Freitas (PSDB), dentro do programa do comunista, que vai ao ar na noite dessa quarta-feira (26).
Em sua sentença, o juiz eleitoral Thiago França de Resende apontou que Carlin voltou a colocar suspeita sob a escolaridade de Alex de Freitas, “em seu programa eleitoral televisivo, mesmo após expressa proibição, o que consiste em afronta à autoridade deste juízo eleitoral e disposição para o emprego de práticas deletérias, que podem abalar a isenção e a isonomia do pleito eleitoral, recomendando portanto a pronta entrega da tutela perseguida [direito de resposta solicitado].  
No dia 21 de outubro, a Justiça Eleitoral já havia sentenciado Carlin a remover da sua página do Facebook material que colocava sob suspeita a escolaridade de Alex de Freitas, já que a justiça reconhecia a escola…

Após divulgar pesquisa falsa, Carlin veta divulgação de pesquisa verdadeira

Numa trapalhada ao estilo “comédia-pastelão”, o prefeito Carlin Moura (PCdoB), candidato à reeleição, disparou do seu Whattsapp na manhã do último domingo (23) dados de uma pesquisa falsa para centenas de militantes a apoiadores, que por sua vez replicaram o conteúdo enganoso a seus contatos. Alguns até publicaram em suas páginas do Facebook. Com isso o errou levou a centenas de pessoas a cometer o crime eleitoral de divulgação de pesquisa falsas ou não registradas, o que tem multa prevista de até R$ 53 mil reais.  
A pesquisa falsa que foi divulgada levava o nome do Instituto Veritá e tinha alguns itens determinados pela legislação eleitoral, como o nome do instituto contratado, o número de registro no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG), número de entrevistados, período em que foram feitas as entrevistas, margem de erro e grau de confiabilidade. Os dados, entretanto, são todos falsos.


O próprio Instituto Veritá desmentiu a autoria da pesquisa em sua página no Facebook. Na publicação …

As incoerências de Marília Campos

Constrangida por seu partido a apoiar, no segundo turno, a reeleição de Carlin Moura (PCdoB), a deputada estadual Marília Campos (PT) tenta justificar a contradição do seu apoio pelo plano ideológico ou nacionalizando o enfrentamento partidário do PT com o PSDB. É uma narrativa que não resiste a quatro parágrafos.
Marília foi contrária ao impeachment de Dilma e é crítica feroz do presidente Michel Temer. Nessa segunda-feira (24), por exemplo, as duas últimas publicações em sua página no Facebook finalizam com a hashtag #ForaTemer. Esqueceu-se, porém, que caminha ao lado de dois peemedebistas no apoio ao comunista: o candidato derrotado à Prefeitura de Contagem, Jander Filaretti, e o deputado federal Newton Cardoso Junior. Ambos do PMDB do presidente Michel Temer.
A ex-prefeita posicionasse violentamente contrária a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, que coloca um teto para os gastos públicos. Com isso, debater a PEC 241 é o pretexto que Marília arrumou para organizar uma plen…

Em desvantagem, campanha de Carlin vai para o “tudo ou nada”

Atrás de Alex de Freitas em todas as pesquisas feitas no segundo turno das eleições, a campanha à reeleição do atual prefeito Carlin Moura (PCdB) partiu para o “tudo ou nada”. Tem de tudo: propaganda difamatória, distribuída tanto clandestinamente quanto pela União da Juventude Socialista (UJS) — movimento estudantil ligado ao PCdoB —, e até mesmo distribuição de pesquisa eleitoral falsa pelo próprio prefeito Carlin Moura.
Na madrugada de sábado para domingo, milhares de panfletos apócrifos e difamatórios foram jogados pelas ruas da cidade. O material faz acusações absurdas contra Alex de Freitas, mas não tem nenhuma assinatura ou CNPJ de campanha. Os autores do material, bem como quem os distribuiu, não foram detidos ou identificados.

Veja o vídeo



Na manhã do domingo uma pesquisa falsa foi amplamente distribuída nas redes sociais, especialmente pelo whattsapp. Nela, Carlin estaria supostamente à frente de Alex de Freitas. O próprio Carlin ajudou no envio da mensagem através do seu wha…